07 outubro 2013

OUTUBRO ROSA!

Oi flores! Tudo bem com vocês?
Hoje o nosso post tem um sentido muito especial, vamos falar da campanha de prevenção ao câncer de mama conhecida no mundo todo como "OUTUBRO ROSA". Vou contar para vocês tudo que pesquisei e o mais importante como evitar a doença. Vamos lá?
Símbolo da Campanha
A empresa 3 corações realizou palestras com os funcionários e distribui Folhetos e a fitinha símbolo da campanha, esses eu ganhei do meu esposo que é representante de vendas da empresa.


História
A campanha surgiu nos Estados Unidos por volta da década de 90 onde já ocorriam ações isoladas de prevenção ao câncer de mama em diversos estados pelo País, até ser sancionada a lei pelo governo Americano, onde Outubro passou a ser o mês Americano de combate ao câncer de mama. Depois a Fundação Susan G. Komen distribuiu a fitinha rosa que é símbolo da campanha em uma corrida pela cura realizada em Nova York e que ocorre até hoje. Porém só em 1997 a campanha começou a ganhar força no País e em seguida no Mundo onde monumentos começaram a ser iluminados de Rosa no mês de outubro em diversos pontos do mundo. No Brasil o primeiro monumento iluminado foi o Mausoléu do Soldado em 02 de Outubro de 2002, até o Cristo redentor ficou rosa em Outubro de 2008.

Objetivo
O objetivo é chamar a atenção da sociedade de forma singela mostrando a importância da campanha de prevenção e alertando as pessoas sobre a necessidade de exames preventivos.

Como participar
Ilumine você também pontos estratégicos da sua cidade, vista rosa ou use a fitinha rosa como símbolo da campanha.


Fatores de risco
Existem alguns fatores que contribuem para o desenvolvimento do câncer de mama, vamos conhecê-los?
1- Idade: Mulheres entre 40 e 69 anos são as principais vítimas do câncer de mama, por isso a importância dos exames preventivos todos os anos.
2- Menstruação precoce: O hormônio Estrogênio está no topo da lista de suspeitos de provocar o câncer de mama, ele age nas células mamárias promovendo sua multiplicação. Quanto mais cedo a primeira menstruação por volta dos 9 ou 10 anos mais cedo os ovários intensificam a produção do hormônio, e assim o organismo ficará exposto a ele por mais tempo.
3- Menopausa tardia: Enquanto a menstruação não cessa, os ovários continuam com a produção de Estrogênio o que também ameaça as glândulas femininas.
4- Antecedente familiar: Se você tem parentes de primeiro grau - mãe, irmã, filha - diagnosticadas com a doença antes dos 50 anos é bom redobrar o cuidado, pesquisas indicam que 20% dos casos estão ligados a questões hereditárias.
5- Reposição hormonal: Por aumentar os níveis de Estrogênio, o tratamento pode favorecer o desenvolvimento do câncer, só utilize hormônio com prescrição médica.

Prevenção é o melhor remédio
Estamos certas de que prevenir é melhor que remediar, não é? Então vamos ver as melhores formas de prevenção:
1- Pratique exercícios físicos: Já é comprovado que a gordura é matéria-prima para a fabricação do Estrogênio, se você pratica exercícios queima gordura e ajuda a conter a produção excessiva do hormônio, além do que a malhação induz a produção de Endorfinas que promovem a sensação de bem-estar afastando o estresse impedindo que ele fragilize o sistema imunológico, assim ele fica mais atento a células defeituosas.
2- Controlo seu peso: Como já disse a gordura é um aliado a produção de estrogênio, então ela passa a ser um fator de risco. Uma  redução de apenas 5% no peso já corta quase pela metade os riscos de desenvolver alguns dos principais tipos de câncer de mama.
3- Alimente-se com saúde: As frutas, os legumes e as verduras possuem caratenoides e acitogeninas que são substâncias que atuam na batalha contra os radicais livres, moléculas formadas naturalmente pelo organismo e que podem agredir o DNA das células, que promovem uma multiplicação desordenada que pode ser a gota d'agua para um tumor.
4- Amamente- Estudos comprovam que o ato de amamentar confere as mães proteção contra o câncer de mama, quando a amamentação ocorre na faixa dos 20 anos de idade. A sucção do leite promove uma esfoliação interna do tecido mamário, eliminando eventuais células defeituosas. Amamentar também reduz o número de ciclos menstruais ao longo da vida, em consequência disso a diminuição na produção de estrogênio. E ao final da lactação ocorre um processo programado de renovação celular das glândulas mamárias.
5- Evite cigarro e bebidas alcoólicas: Sobram dados científicos que associam o aparecimento de tumores com o consumo frequente de álcool e cigarro.

Espero que as dicas tenham contribuído para o esclarecimento de dúvidas sobre o assunto. Então vamos incentivar nossas amigas e familiares a aderir a campanha, colocar uma fitinha rosa no peito e um batom rosa na boca e fazer o auto-exame das mamas e a mamografia todos os anos a partir dos 40 anos.
Mil beijos e um maravilhoso Outubro Rosa!

Fonte: outubrorosa.org.br
artedeviverbem.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixem aqui seu comentário! :D